Top Ad unit 728 × 90

Psicomotricidade.

PSICOMOTRICIDADE - Professora Tatiana Comiotto.

Significado:
- PSICO: Intelectual, cognitivo emocional, afetivo, mental e neurológico.
- MOTRICIDADE: Movimento, ato, ação, gesto.
- PSICOMOTRICIDADE é a realização de um pensamento através de um ato motor coeso, econômico e harmonioso, exigindo para isso uma afetividade equilibrada.
Definições:
- ROSSEL: Educação psicomotora é a educação do controle mental e da expressão motora.
- AJURIAGUERRA: É a realização do pensamento através de um ato motor preciso, econômico e harmonioso.
- VAYER: É a educação da integridade do ser, através do seu corpo.
- HURTADO: É a ciência da educação que enfoca a unidade indivisível do homem (constituída pela soma e psique), educando o movimento ao mesmo tempo que põe em jogo as funções intelectuais.
- COSTALLAT: É a ciência da educação que realiza o enfoque integral do desenvolvimento nos aspectos: físico, psíquico e intelectual de maneira harmoniosa.
- LE BOULCH: Tem por finalidade assegurar o desenvolvimento funcional, tendo em conta as possibilidades das crianças e ajudar sua afetividade a expandir-se e equilibrar-se através do intercâmbio com o ambiente humano.
- NEGRINE: Sua finalidade é promover através de uma ação pedagógica o desenvolvimento de todas as potencialidades da criança, objetivando o equilíbrio biopsico-social.
- WALLON: Propicia o estudo da função tônica da musculatura e sua relação com o emocional
- PIAGET: Essa ciência trata da relação entre o homem, seu corpo, o meio físico e sociocultural na qual convive.
Percepções:
- É a capacidade de reconhecer e compreender estímulos recebidos.
- Está ligada à atenção, consciência e memória.
- É o fenômeno de captar, distinguir, associar e interpretar as sensações.
- Divide-se em espacial, temporal, visual, auditiva, olfativa, gustativa, termo-tátil e de análise e síntese.
Percepção Espacial:
É a capacidade que temos de orientar-nos no espaço. Se desenvolve entre 1 e 6 anos.

* Relações:
- Seu corpo e objetos;
- Seu corpo e de outras pessoas;
- Seu corpo e os de outros seres vivos;
- Objeto e objeto;
- Noções como: atrás, à frente, em cima, embaixo, etc;

* Dificuldades:
- Locomover os olhos durante a leitura;
- Saltar linhas;
- Não observar o sentido direito (esquerda - direita);
- Não respirar o limite da folha;
- Esbarrar em objetos;
- Indecisões quando precisa desviar de um objeto.
Percepção Temporal: É a capacidade de situar um fato no tempo e de discernir a velocidade de um movimento.

* Conceitos:
- Tempo (passado - presente - futuro);
- Movimento (lento - moderado - rápido);
- Duração (curta - média - longa);
- Sucessão (antes - durante - depois);
- Ontem, hoje, amanhã, dias da semana, meses, anos, horas, estações do ano, etc;

* Dificuldades:
- Na pronúncia e escrita de palavras;
- Inversão nas letras ou sílabas das palavras;
- Dificuldade de retenção de uma série de palavras dentro da sentença;
- Má utilização dos tempos verbais.
Percepção Visual: É a percepção de objetos, de pessoas, de formas, cores, tamanhos, espessuras, etc.

Percepção Auditiva: Discriminação através do ouvido de sons, ruídos e tonalidades.

Percepção Olfativa: Identificação através do olfato de diferentes perfumes, odores ou cheiros específicos.

Percepção Gustativa: Verificação de sabores diferentes, azedo, amargo, salgado, doce, etc.

Percepção Termo-tátil: Interpretação tátil ou térmica relacionada com formas, tamanhos, texturas, peso, temperaturas.

Análise e síntese: O todo pode se decompor em partes (análise) e as partes podem formar um todo (síntese).
Motricidade:
AMPLA: Desenvolvimento dos movimentos corporais realizados pelos grandes músculos (braços, pernas, tronco);
Deve proporcionar:
– Agilidade motora;
– Coordenação dos grandes movimentos;
– Equilíbrio do corpo;

FINA: Refere-se a ações de pequenos músculos que levam à precisão, rapidez e força muscular;
– Coordenação viso-motora: é a integração entre visão e os movimentos do corpo.
– Coordenação viso-manual: envolve o gesto manual e a visão.
– Coordenação óculo-pedal: membros inferiores e a visão.
– Motricidade lingual: para a pronúncia correta.
– Motricidade dígito-manual: movimentação ordenada de mãos e dedos.
Memória Visual:
- É a capacidade que a criança tem de armazenar imagens.
- É a capacidade do indivíduo reter com exatidão, a longo ou a curto prazo, uma série de estímulos apresentados visualmente.
- Está intimamente relacionada com a atenção e com a figura – fundo.
- É por meio dessa capacidade que a criança memorizará, mais tarde, letras, números e formas.
Habilidades Visuais Específicas:
- Percepção e discriminação de semelhanças e diferenças: Em relação ao tamanho, forma, cor, posição e detalhes internos.
- Constância de percepção de forma e tamanho: É a capacidade de perceber que um determinado objeto permanece inalterado apesar da posição que ocupa no espaço ou independente do ângulo que é percebido.
- Percepção de figura – fundo: O cérebro faz uma seleção dos estímulos que recebemos, e ela varia conforme o interesse do momento.
O estímulo selecionado pelo cérebro como foco principal da atenção chama-se FIGURA e os estímulos restantes são o FUNDO.
Ritmo:
- Abrange a noção de ordem, sucessão, duração e alternância;
- Depende do equilíbrio emocional da criança;
- Etapas de aquisição do ritmo:

Pré-operatória:
• A criança sente o ritmo por meio de seu corpo (coração, respiração, deglutição);
• A criança começa a perceber a sequência no universo dos sons e movimentos (palmas);

Operações concretas: Começa a dominar a noção de tempo (antes, depois,causa, efeito)

Operações abstratas: Perceber simultaneamente sucessão de sons, símbolo, movimentos. Identifica melodias.
A importância do Ritmo:
- É a condição inata do ser humano e suscetível de educação;
- Favorece a percepção da ocorrência e pausa dos sons (duração e sucessão);

A falta dessa habilidade poderá causar:
– Leitura lenta e silábica;
– Erros de pontuação e entonação;
– Não respeito ao espaço entre as palavras;
– União de palavras ou sílabas;
– Omissão ou audição de sílabas;
– Falhas na acentuação (escrita e leitura);
Concentração e Atenção:
- Concentrar-se é o poder de prender a atenção em função de algo ou em alguém durante um tempo considerável, sem deixar-se distrair por algo ou alguém ao seu redor.
- Atenção é a aplicação cuidadosa da mente em alguma coisa (escutar, ver).
- Para acontecer a concentração, primeiro deve ocorrer a atenção.
Problemas da falta de atenção, principalmente na idade escolar:
– O ambiente;
– A prática pedagógica – a tarefa não deverá se demasiadamente fácil, nem extremamente difícil;
– A motivação;

Causas da má concentração:
– Fixação dos olhos: a criança vagueia com os olhos sem achar um objeto ou alvo específico;
– Acomodação: o ambiente deverá ser confortável;
– Acuidade visual: visão turva ou incerta;
– Reconhecimento da forma e da cor;
– Percepção auditiva;
– Vocabulário;
– Discriminação figura – fundo;
Equilíbrio:
- É a capacidade de manutenção do corpo em uma mesma posição durante um tempo determinado, pode ser estático ou dinâmico;
- Está diretamente ligado a atenção e a afetividade;
Habilidades Auditivas Específicas:
- Discriminação de sons: É a capacidade de se perceber e discriminar auditivamente e, sem ambiguidade, todos os sons existente na língua falada.

- Discriminação auditiva figura – fundo: É a capacidade de seleção auditiva dos estímulos principais e acessórios do ambiente.

- Memória Auditiva: Permite a atenção e a recordação das informações captadas auditivamente.
– Mediata: lembrar experiências vividas
– Imediata: lembrar em detalhes e na sequência correta as informações auditivas adquiridas.
Freio Inibitório:
- É a capacidade de deter voluntariamente os movimentos de supressão dos movimentos no tempo e no espaço preciso.
Conhecimento de Direita e Esquerda:
- Está ligado aos conceitos de esquema corporal e lateralidade.
- Permite distinguir os lados direito e esquerdo em si, nas outras pessoas e nos objetos.
- É esperado entre 6 e 7 anos.
Dominância Lateral:
- Predomínio ocular, auditivo e sensório-motor de um dos membros superiores ou inferiores.
- Se define por volta de 5 anos e será mais forte, mais ágil do lado direito ou esquerdo.
Lateralidade:
- É o uso preferencial de um lado do corpo para a realização das atividades (olhos, mãos, pés e ouvidos).
- Essa preferência se explica pela predominância de um dos hemisférios cerebrais.
- Se o hemisfério predominante for o direito, a pessoa será canhota, se for o esquerdo, será destra.
Tipos de Lateralidade:
- Contrariada: Geralmente canhotos que foram obrigados a mudar a preferência devido a pressões sociais ou familiares.
- Cruzada: Quando não existe homogeneidade na preferência de um dos lados do corpo – olho direito, mão esquerda, pé direito.
- Indefinida: Crianças que não definiram sua preferência lateral após 5 anos.
- Ambidestria: Utilização de ambos os lados do corpo com a mesma habilidade e destreza.
Psicomotricidade. Reviewed by Elaine Cristine on 15:30 Rating: 5

Nenhum comentário:

All Rights Reserved by Aprender e Brincar © 2014 - 2015
Powered by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.