Top Ad unit 728 × 90

Cantigas de Roda.

A Canoa Virou
A canoa virou
Por deixá-la virar
Foi por causa do menino
Que não soube remar
Se eu fosse um peixinho
E soubesse nadar
Eu tirava o menino
Lá do fundo do mar

Cai Cai Balão
Cai cai balão, cai cai balão
Aqui na minha mão
Não cai não, não cai não, não cai não
Cai na rua do sabão
Cai cai balão, cai cai balão
Aqui na minha mão
Não vou lá, não vou lá, não vou lá
Tenho medo de apanhar!

Veja também: Projeto: Quem canta, seus males espanta.

Caranguejo
Caranguejo Não é peixe
Caranguejo peixe é
Caranguejo só é peixe lá no fundo da maré
Ora palma, palma, palma
Ora pé, pé, pé
Ora roda, roda, roda
Caranguejo peixe é

Ciranda Cirandinha
Ciranda Cirandinha
Vamos todos cirandar
Vamos dar a meia volta
Volta e meia vamos dar
O anel que tu me destes
Era vidro e se quebrou
O amor que tu me tinhas
Era pouco e se acabou
Por isso oh menino
Entre dentro desta roda
Diga um verso bem bonito
Diga adeus e vá se embora

Marcha Soldado
Marcha Soldado
Cabeça de Papel
Se não marchar direito
Vai preso pro quartel
O quartel pegou fogo
A polícia deu sinal
Acode, acode, acode
A bandeira nacional

Pai Francisco
Pai Francisco entrou na roda
Tocando seu violão Blalalalalão
Vem de lá seu delegado
E o Pai Francisco
Foi pra prisão
Como ele vem todo requebrado
Parece um boneco desengonçado

Samba Lelê
Samba Lelê tá doente
Tá com a cabeça quebrada
Samba Lelê precisava
É de umas boas palmadas
Samba , samba, Samba Lelê
Samba , samba, Samba Lelê
Samba , samba, Samba Lelê
Samba na barra da saia

Sapo Cururu
Sapo Cururu na beira do rio
Quando o sapo canta, ô Maninha, é
porque tem frio
A mulher do sapo deve estar lá dentro
Fazendo rendinha, ô Maninha, para o casamento
A Barata diz que tem
A Barata diz que tem sete saias de filó
É mentira da barata, ela tem é uma só
Ah ra ra, iá ro ró, ela tem é uma só !
A Barata diz que tem um sapato de veludo
É mentira da barata, o pé dela é peludo
Ah ra ra, Iu ru ru, o pé dela é peludo !
A Barata diz que tem uma cama de marfim
É mentira da barata, ela tem é de capim
Ah ra ra, rim rim rim, ela tem é de capim
A Barata diz que tem um anel de formatura
É mentira da barata, ela tem é casca dura
Ah ra ra , iu ru ru, ela tem é casca dura
A Barata diz que tem o cabelo cacheado
É mentira da barata, ela tem coco raspado
Ah ra ra, ia ro ró, ela tem coco raspado

Atirei o Pau no Gato
Atirei o páu no gato tô tô
Mas o gato tô tô
Não morreu reu reu
Dona Chica cá
Admirou-se se
Do berro, do berro que o gato deu
Miau !!!!!!
Boi da Cara Preta
Boi, boi, boi
Boi da cara preta
Pega esta criança que tem medo de careta

Cachorrinho
Cachorrinho está latindo lá no fundo do quintal
Cala a boca, Cachorrinho, deixa o meu benzinho entrar
(Refrão)
Ô isquindô lê lê
Ô isquindô lê lê lá lá
Ô isquindô lê lê
Não sou eu quem caio lá

Escravos de Jó
Escravos de Jó jogavam caxangá
Tira, bota deixa o Zé Pereira ficar
Guerreiros com guerreiros fazem zigue zigue za
(bis)

O Meu Galinho
Há três noites que eu não durmo, ola lá!
Pois perdi o meu galinho, ola lá!
Coitadinho, ola lá ! Pobrezinho, ola lá!
Eu perdi lá no quintal.
Ele é branco e amarelo, ola lá!
Tem a crista vermelhinha, ola lá!
Bate as asas, ola lá ! Abre o bico, ola lá!
Ele faz qui-ri-qui-qui.
Já rodei em Mato Grosso, ola lá!
Amazonas e Pará, ola lá!
Encontrei, ola lá ! Meu galinho, ola lá!
No sertão do Ceará!
Meu Limão, Meu Limoeiro
Meu limão, meu limoeiro
Meu pé de jacarandá
Uma vez, tindolelê
Outra vez, tindolalá

Mineira de Minas
Sou mineira de Minas,
Mineira de Minas Gerais (BIS)
Rebola bola você diz que dá que dá
Você diz que dá na bola, na bola você não dá!
Sou carioca da gema,
Carioca da gema do ovo (BIS)
Rebola bola você diz que dá que dá
Você diz que dá na bola, na bola você não dá!

Terezinha de Jesus
Terezinha de Jesus de uma queda
Foi ao chão
Acudiram três cavalheiros
Todos de chapéu na mão
O primeiro foi seu pai
O segundo seu irmão
O terceiro foi aquele
Que a Tereza deu a mão
Dá laranja quero um bago
Do limão quero um pedaço
Da menina mais bonita
Quero um beijo e um abraço
Terezinha levantou-se
Levantou-se lá do chão
E sorrindo disse ao noivo
Eu te dou meu coração

O Cravo e a Rosa
O Cravo brigou com a rosa
Debaixo de uma sacada
O Cravo ficou ferido
E a Rosa despedaçada
O Cravo ficou doente
A Rosa foi visitar
O Cravo teve um desmaio
A Rosa pôs-se a chorar

Roda Pião
O Pião entrou na roda, ó pião! (bis)
(Refrão)
Roda pião, bambeia pião! (bis)
Sapateia no terreiro, ó pião! (bis)
Mostra a tua figura, ó pião! (bis)
Faça uma cortesia, ó pião! (bis)
Atira a tua fieira, ó pião! (bis)
Entrega o chapéu ao outro, ó pião! (bis)

Nesta Rua
Se esta rua se esta rua fosse minha
Eu mandava, eu mandava ladrilhar
Com pedrinhas, com pedrinhas de brilhante
Para o meu, para o meu amor passar
Nesta rua, nesta rua, tem um bosque
Que se chama, que se chama, Solidão
Dentro dele, dentro dele mora um anjo
Que roubou, que roubou meu coração
Se eu roubei, se eu roubei seu coração
É porque tu roubastes o meu também
Se eu roubei, se eu roubei teu coração
É porque eu te quero tanto bem
Cantigas de Roda. Reviewed by Elaine Cristine on 15:17 Rating: 5

Nenhum comentário:

All Rights Reserved by Aprender e Brincar © 2014 - 2015
Powered by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.